Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cavaco Silva diz que polémica sobre o valor do défice tem de acabar

O ex-primeiro-ministro, Aníbal Cavaco Silva, defendeu hoje que não é com «desorçamentação do lado das despesas ou com contabilidades criativas no cálculo do défice» que se resolve o problema da falta de eficiência do Estado. O ex-governante acrescentou qu

Marta Moitinho Oliveira mmoliveira@mediafin.pt 17 de Dezembro de 2004 às 13:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ex-primeiro-ministro, Aníbal Cavaco Silva, defendeu hoje que não é com «desorçamentação do lado das despesas ou com contabilidades criativas no cálculo do défice» que se resolve o problema da falta de eficiência do Estado. O ex-governante acrescentou que a polémica sobre o verdadeiro valor do défice tem de acabar.

As declarações do docente da Universidade Católica foram proferidas hoje numa conferência sobre «A economia mundial e os desafios da economia portuguesa» realizada pelo Instituto Nacional de Administração, em Oeiras.

Depois de traçar um diagnóstico negro sobre a actual situação da economia nacional, Cavaco Silva disse acreditar que os problemas da economia se resolvem através de um «maior dinamismo do sector exportador».

Para o ex-primeiro-ministro, existem «duas grandes batalhas a travar»: a da produtividade e da eficiência do Estado.

Sobre a eficiência do Estado, o ex-governante argumentou que os problemas das finanças públicas «estão contidos mas não estão resolvidos» e alertou que Portugal «não pode voltar a ter uma crise nas finanças públicas».

É importante «acabar com esta polémica sobre o valor do défice» e «delegar numa comissão especializada, com pessoas independentes a fixação do défice, o cálculo e a sua verificação», ficando para o Parlamento o cálculo «do montante total de despesas, de receita e a sua estrutura».

Outras Notícias