Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cavaco Silva diz que visita "elevou parceria estratégica" entre Portugal e China

O Presidente da República salientou que durante a visita à China foram assinados 29 acordos e memorandos de entendimento entre os governos, as empresas e as universidades dos dois países.

Negócios 18 de Maio de 2014 às 12:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, disse hoje que a sua visita à China "elevou a parceria estratégica" luso-chinesa, salientando "a grande abertura" dos líderes chineses para "reforçar a cooperação bilateral nos mais variados domínios".

 

"Se formos capazes de dar seguimento a tudo o que foi feito na semana que hoje termina será muito positivo para Portugal", disse Cavaco Silva em Macau, última etapa de uma visita de oito dias por Xangai, Pequim e aquela Região Administrativa Especial da China.

 

Numa conferência de imprensa no Consulado Geral de Portugal em Macau cerca de três horas antes de embarcar para Hong Kong, de regresso a Lisboa, o presidente português salientou que durante a visita foram assinados 29 acordos e memorandos de entendimento entre os governos, as empresas e as universidades.

 

"Penso que nunca ocorreu no passado ocorreu algo de semelhante", disse.

 

Foi a primeira visita de um chefe de Estado português à China desde 2005, com uma comitiva que incluía três ministros (Negócios Estrangeiros, Economia e Educação e Cultura) e uma delegação com cerca de cem empresários.

 

Além do homólogo chinês, Xi Jinping, que é também secretário-geral do Partido Comunista, o cargo político mais importante do país, Cavaco Silva encontrou-se com o primeiro-ministro, Li Keqiang, e com o presidente da Assembleia Nacional Popular, Zhang Dejiang, que são os números dois e três da hierarquia comunista.

 

"Encontrei grande abertura em relação a todos os assuntos que apresentámos", disse o Presidente português.

 

Cavaco Silva realçou também "a cooperação trilateral" que "foi um tema abordado com alguma profundidade, o que mostra bem que a relação especial de Portugal com África e América Latina tem um valor estratégico muito significativo".

Ver comentários
Saber mais Presidente da República Aníbal Cavaco Silva China Macau Xangai Pequim
Outras Notícias