Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cavaco Silva trocou "breves impressões" com homólogo alemão sobre a Qimonda

O Presidente da República trocou "breves impressões" sobre a Qimonda com o seu homólogo alemão, Horst Kohler, esta manhã, naquele que foi o primeiro encontro institucional da visita de Estado à Alemanha.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 03 de Março de 2009 às 12:09
O Presidente da República trocou "breves impressões" sobre a Qimonda com o seu homólogo alemão, Horst Kohler, esta manhã, naquele que foi o primeiro encontro institucional da visita de Estado à Alemanha.

À saída do encontro com Horst Kohler, Cavaco Silva disse aos jornalistas que “as autoridades portuguesas estão muito abertas a apoiar a sua reestruturação (da Qimonda) mas para isso é preciso também um envolvimento da parte alemã”.

O presidente confirmou que “trocámos breves impressões sobre esta empresa” e que este é “um assunto que vai ser acompanhado”.

Cavaco Silva dá hoje início a um intenso programa, no âmbito da sua visita de Estado à Alemanha, com encontros ao mais alto nível em que tentará sondar a disponibilidade das autoridades alemães em viabilizar um plano, conjuntamente com o Estado português e investidores privados, com vista a salvaguardar o essencial dos postos de trabalho e do "know-how" de ponta da Qimonda.

Apesar de fontes da Presidência afirmarem que o futuro da empresa alemã, e da sua filial portuguesa - e, até há bem pouco, primeira exportadora nacional - "não está na agenda", o Negócios sabe que o Governo pediu a intervenção do Presidente da República junto do seu homólogo e da chanceler alemã, e que este se mostrou empenhando na tentativa de encontrar uma solução que preserve uma empresa que tem tido um papel fundamental na progressiva alteração do perfil da economia portuguesa, e que fez com que Portugal tivesse sido, pela primeira vez em 2007, um exportador líquido de tecnologia.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio