Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CDU ganha posição de força e conquista capitais alentejanas

A CDU, que ao longo dos anos 90 foi perdendo a sua hegemonia no Alentejo, conseguiu conquistar as duas principais cidades da região, reassumindo uma posição de hegemonia. O PS sai derrotado nos dois municípios que até agora liderava.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 30 de Setembro de 2013 às 01:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Em Évora, Carlos Pinto de Sá, obteve 40,30% e elegeu quatro mandatos, atingindo a maioria absoluta, naquela que foi uma vitória retumbante do candidato da CDU.

 

O PS elegeu dois vereadores ficando-se pela marca de 29,95%. O restante mandato foi atribuído à coligação do PSD-CDS que apresentava Paulo Jaleco à presidência.

 

Beja

 

Em Beja a disputa entre dois dinossauros autárquicos foi mais renhida. Mesmo assim o resultado final replicou a vitória da CDU face ao PS que, também aqui, perde mais uma câmara para a coligação de esquerda.

 

Da disputa entre dois autarcas de longa data, a vitória caiu para a CDU. João Rocha consegue, desta forma, reconquistar para a CDU aquele que é historicamente um bastião dos comunistas.

A distribuição de mandatos, naquela que foi uma das eleições mais disputadas, é feita exclusivamente entre as duas forças políticas citadas. Nenhum outro partido conseguiu eleger algum vereador.

 

Desta forma, o próximo presidente da câmara de Beja será João Rocha que com 43,42% dos votos elegeu quatro mandatos. Jorge Pulido Valente do PS consegue colocar três vereadores, ao ficar a menos de dois pontos percentuais do seu rival, contabilizando um total de 41,65% dos votos.

Ver comentários
Saber mais Évora Beja CDU PS
Outras Notícias