Europa Centeno saúda "esforço tremendo" do Governo grego no cumprimento do programa

Centeno saúda "esforço tremendo" do Governo grego no cumprimento do programa

O presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, saudou hoje, em Bruxelas, o "esforço tremendo do Governo grego" na implementação do programa de ajustamento, apontando que as instituições confirmaram que Atenas actuou em todas as acções prévias acordadas.
Lusa 19 de fevereiro de 2018 às 19:30

"Sobre a Grécia, há excelentes notícias: as instituições informaram que a Grécia actuou em todas as acções prévias. Foi um esforço tremendo do Governo grego, que está a demonstrar forte responsabilização do programa. De todas as 110 acções prévias, só duas estão ainda pendentes, e estão fora do controlo do Governo. Estou confiante de que poderão ser desobstruídas em breve pelas instituições", declarou Centeno no final da reunião de hoje do fórum de ministros das Finanças da zona euro.

 

"A bola agora também está do nosso lado. Serão necessários procedimentos nacionais para aprovar o desembolso de 5,7 mil milhões de euros, assim que as instituições validarem a conclusão das acções pendentes", acrescentou.

 

Centeno apontou que "o Eurogrupo vai agora virar-se para as próximas etapas do programa do MEE (Mecanismo Europeu de Estabilidade) e assegurar que a agenda de reformas vai perdurar para além do período do programa".

 

"Tal como prometi no último Eurogrupo, o trabalho técnico de medidas para alívio da dívida já começou", completou.

 

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, anunciou por seu turno que, mesmo sem aguardar pela conclusão da terceira revisão, a Comissão vai enviar já na próxima semana uma equipa a Atenas para começar a trabalhar na quarta e última revisão, manifestando-se muito confiante de que a reunião do Eurogrupo de 21 de Junho próximo possa confirmar a conclusão bem sucedida do "resgate" à Grécia, que é suposto terminar no próximo verão.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Judas a cagar no deserto 19.02.2018

Afinal a austeridade ainda não acabou na Grécia.

Aqui o Pedro Passos Coelho já tratou disso à algum tempo.

Obrigado Pedro.

Invicta 19.02.2018

Fizeram esforço? Mas não era isso que o Tsipras - há muito desaparecido - dizia que iam fazer.

pub