Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Centros históricos já não vão perder isenção de IMI

Uma coligação negativa chumbou a medida do Orçamento do Estado, proposta pelo Governo, para acabar com esta isenção automática. A medida chegou a ser dada como aprovada, mas o voto contra do PSD, em coligação negativa, ditou mesmo o seu chumbo.

Os prédios que ficam situados no centro histórico do Porto, por exemplo, beneficiam da isenção de IMI. E continuarão a beneficiar em 2020.
Os prédios que ficam situados no centro histórico do Porto, por exemplo, beneficiam da isenção de IMI. E continuarão a beneficiar em 2020. Jorge Miguel Gonçalves
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 10 de Fevereiro de 2020 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Os prédios inseridos em centros históricos, paisagens culturais e conjuntos classificados como monumentos nacionais, bem como os imóveis individualmente considerados como de interesse público ou de interesse municipal vão, afinal, manter a atual isenção de IMI, depois de o Parlamento ter chumbado uma medida do Governo, incluída na proposta inicial de Orçamento do Estado (OE), no sentido de revogar essa isenção.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais IMI Parlamento Governo ANMP OE Lista do Património Mundial UNESCO Duarte Alves Estado Duarte Pacheco política impostos imobiliário isenção
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias