Europa Cerca de 31 mil coletes amarelos protestam em França e 700 foram detidos

Cerca de 31 mil coletes amarelos protestam em França e 700 foram detidos

Houve um reforço policial significativo antecipando os protestos de hoje e antes do início da manifestação em Paris, a polícia já tinha detido centenas de pessoas.
Cerca de 31 mil coletes amarelos protestam em França e 700 foram detidos
Lusa 08 de dezembro de 2018 às 13:56
Cerca de 31.000 "coletes amarelos" manifestavam-se, este sábado, a meio do dia, em toda a França no quarto grande dia de protestos, que já levaram a mais de 700 detenções, 575 das quais em Paris, segundo os dados do governo francês citados pela agência Lusa.


"A nível nacional, incluindo os parisienses, temos mais de 700 detenções para uma participação no movimento a meio do dia que é de 31.000 pessoas no território nacional, dos quais 8.000 em Paris", indicou o secretário de Estado do Interior, Laurent Nuñez, ao canal televisivo France 2.


Os números são sensivelmente semelhantes aos do último sábado.


Os confrontos regressaram, este sábado de manhã, às ruas de Paris, com a polícia reagir rapidamente contra os manifestantes, nomeadamente com gás lacrimogéneo e canhões de água.


A actuação policial parece revelar as ordens que os agentes receberam no sentido de evitar as cenas de guerrilha urbana registadas no passado fim-de-semana.


Houve um reforço policial significativo antecipando os protestos de hoje e antes do início da manifestação em Paris, a polícia já tinha detido centenas de pessoas.


Temendo a repetição dos tumultos na capital francesa, foram também reforçados os controlos nas estações e realizadas buscas sistemáticas junto aos locais de concentração.


Nas ruas do centro de Paris os comerciantes fecharam as lojas e desapareceu quase todo o mobiliário urbano, para que não possa ser usado como arma pelos manifestantes.




pub