Mundo China culpa EUA pelo falhanço das negociações comerciais

China culpa EUA pelo falhanço das negociações comerciais

A China culpa a administração Trump pelo desfecho desfavorável das negociações comerciais entre os dois países, considerando que as novas tarifas impostas estão a afetar a economia dos EUA.
China culpa EUA pelo falhanço das negociações comerciais
EPA
Negócios 02 de junho de 2019 às 19:20

O Governo chinês apontou o dedo ao Executivo americano, salientando que os recentes desenvolvimentos comerciais não estão "a tornar a América novamente grande", numa alusão ao slogan da campanha eleitoral de Donald Trump ("made America great again"), em 2016.

 

Num texto publicado este domingo, o Governo da China salienta que o escalar da tensão comercial entre as duas maiores potências do mundo está a afetar de forma intensa a economia americana, ao aumentar os preços de produção, o que provoca subidas nos preços para os consumidores, o que penaliza o crescimento económico, de acordo com a Bloomberg.

 

"É visível que os últimos aumentos de tarifas dos EUA sobre produtos da China, longe de resolver questões, vão apenas tornar as coisas piores para todos", pode ler-se no texto publicado, citado pela agência de informação americana.

 

A tensão entre os EUA e a China tem aumentado, sobretudo depois de Washington ter aplicado as novas tarifas sobre as importações chinesas, ameaçando alargar as tarifas à totalidade de produtos comprados à China.

 

Pequim assume que não quer uma guerra comercial com os EUA, mas deixa claro, no texto publicado este domingo, que não se esconderá de uma.

 

A China exige que os EUA retirem todas as novas tarifas para que seja possível fechar um acordo e que a quantidade de importações a ser feita pela China terá de ser realista. Algo que já tinha sido dito pelo vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, que lidera este dossiê.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI