Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

China e Japão desiludidos com falhanço das negociações

O ministro do Comércio chinês Chen Deming manifestou-se decepcionado após o "falhanço trágico" das negociações de Genebra para tentar um acordo no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC), segundo um texto publicado no site do ministério.

Negócios com Lusa 30 de Julho de 2008 às 09:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O ministro do Comércio chinês Chen Deming manifestou-se decepcionado após o "falhanço trágico" das negociações de Genebra para tentar um acordo no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC), segundo um texto publicado no site do ministério.
"Sinto-me muito desiludido", afirmou o ministro, no comunicado, transcrição de uma declaração feita na véspera em Genebra, na qual o responsável chinês atribui o falhanço à "incapacidade de dois países em ultrapassar as suas divergências", sem no entanto nomear quais.

"Não quero culpar os ministros envolvidos. Talvez tenham razões complexas e profundas no plano interno", disse.

"Não posso fazer mais do que manifestar o meu profundo lamento. É um falhanço trágico", acrescentou.

Por seu lado, o primeiro-ministro japonês Yasuo Fukuda considerou quarta-feira "extremamente lamentável" o falhanço das negociações para tentar chegar a um acordo no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC).

"Apesar de mais de uma semana de conversações e de esforços dos ministros na OMC, não foi possível chegar a um acordo sobre as modalidades. É extremamente lamentável", referiu Fukuda numa declaração.



O Japão era uma das sete grandes economias (com os Estados Unidos, Austrália, Brasil, China, União Europeia e Índia) envolvidas nas negociações de Genebra sobre a liberalização do comércio mundial.

Ver comentários
Outras Notícias