Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento da idade da reforma na função pública adiado

O diploma da Caixa Geral de Aposentações, que foi chumbado pelo TC, pode ser alterado no Parlamento, mas o diploma que previa o aumento da idade da reforma para os 66 anos na função pública deverá atrasar para Março de 2014.

Reuters
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O diploma que previa cortes nas pensões em pagamento na Caixa Geral de Aposentações (CGA), que foi chumbado pelo Tribunal Constitucional, também alterava as regras para futuros pensionistas: definindo o aumento da idade da reforma para os 66 anos (em linha com o que vai acontecer na Segurança Social) e reduzindo a taxa de substituição das pensões atribuídas a partir do próximo ano.

 

Estas últimas normas não foram chumbadas mas sofrerão, no mínimo, um atraso. Os pedidos de aposentação entretanto aprovados seguirão as regras antigas.

 

O diploma volta ao Parlamento e não será discutido antes de Janeiro. Os partidos da maioria podem apresentar alterações que "na melhor das hipóteses entrarão em vigor em Março", afirmou na sexta-feira ao Negócios o deputado Duarte Pacheco.

 

O diploma que aumenta a idade da reforma para os 66 anos na Segurança Social foi aprovado em Conselho de Ministros a 19 de Dezembro e está em Belém para promulgação pelo Presidente da República, pelo que poderá entrar em vigor no arranque de 2014.

 

No que diz respeito à Função Pública, todas as regras mais detalhadas estão ainda dependentes de uma adaptação deste diploma da Segurança Social que ainda nem começou a ser discutido com os sindicatos. Daí que mesmo sem ter em conta o chumbo do TC ao diploma da CGA, fosse já improvável que a idade da reforma subisse para os 66 anos na função pública. 

Ver comentários
Saber mais Caixa Geral de Aposentações Tribunal Constitucional Segurança Social Parlamento Conselho de Ministros Duarte Pacheco Presidente da República Função Pública salários e pensões
Mais lidas
Outras Notícias