Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Clima económico trava, confiança dos consumidores melhora

Os inquéritos do INE aos empresários e consumidores revelam que o clima económico interrompeu a tendência de aceleração em Setembro, mas a confiança dos consumidores registou a primeira melhoria desde Maio deste ano.

Miguel Baltazar
Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 29 de Setembro de 2016 às 09:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

"O indicador de confiança dos Consumidores aumentou em Setembro, após ter diminuído nos três meses anteriores", pode ler-se na publicação divulgada esta manhã pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). "O indicador de clima económico estabilizou em Setembro, depois de ter aumentado em Julho e Agosto. No mês de referência, o indicador de confiança estabilizou na Indústria Transformadora, verificando-se aumentos na Construção e Obras Públicas, no Comércio, e nos Serviços."

 

Por trás da melhoria sentida entre as famílias estão perspectivas mais optimistas sobre a situação económica do país, situação financeira do agregado familiar, das suas poupanças e do desemprego. "O saldo das opiniões sobre a evolução da situação financeira do agregado familiar aumentou em setembro, prolongando a trajetória ascendente iniciada em junho de 2013 e atingindo o valor máximo desde abril de 2002", escreve o INE.

 

No que diz respeito aos empresários, a confiança na indústria "estabilizou", depois de ter aumentado entre maio e Agosto. A construção e obras públicas prosseguiram a melhoria iniciada desde Junho, com contributos positivos da carteira de encomendas e das perspectivas de emprego. Este sector atingiu o valor mais elevado (embora ainda negativo) desde Agosto de 2009.

 

O comércio continua a acelerar, uma trajectória que iniciou em Março deste ano, tendo renovado o máximo da série desde Agosto de 2000. Os serviços também apresentam uma nova melhoria em Setembro, graças a uma evolução positiva das perspectivas sobre a carteira de encomendas e a actividade das empresas. De referir que estes indicadores são normalmente apresentados na média dos últimos três meses. Se olharmos para Setembro isoladamente, observa-se um crescimento mais lento tanto no comércio como nos serviços.

Ver comentários
Saber mais INE clima económico confiança dos consumidores inquérito conjuntura economia crescimento
Mais lidas
Outras Notícias