Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cobrança determina avaliação dos funcionários do Fisco

O contributo de cada funcionário do Fisco para o cumprimento das metas de cobrança de impostos de cada repartição de Finanças passará a ser determinante na sua avaliação, prevê o novo regime de avaliação de desempenho (SIADAP) dos trabalhadores da Direcção-Geral dos Impostos, que agora começou a ser negociado entre o Ministério das Finanças.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O contributo de cada funcionário do Fisco para o cumprimento das metas de cobrança de impostos de cada repartição de Finanças passará a ser determinante na sua avaliação, prevê o novo regime de avaliação de desempenho (SIADAP) dos trabalhadores da Direcção-Geral dos Impostos, que agora começou a ser negociado entre o Ministério das Finanças.

Os resultados obtidos passarão a ter um peso de 80% na avaliação final, enquanto que a componente "competências" se fica pelos 20%, mas a alteração é já alvo de contestação pelos sindicatos.

A solução desagrada aos sindicatos que acusam o Governo de querer premiar a mediocridade. "Isto significa que se pode ser o maior incompetente do mundo, que o que verdadeiramente interessa é que se apresentem resultados", lamenta Marcelo Castro, responsável do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI).

"É completamente inaceitável", acrescenta. "A curto prazo até é possível que se obtenham mais resultados, mas no longo prazo está a premiar-se a mediocridade", realça.

logo_empresas
Ver comentários
Outras Notícias