Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confiança das empresas e dos consumidores portugueses continua em alta

Em Setembro, a confiança das empresas atingiu o valor mais alto desde Setembro de 2004 e o indicador de confiança dos consumidores manteve a tendência ascendente que iniciou em Fevereiro de 2006, segundo dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Est

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 03 de Outubro de 2006 às 15:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Em Setembro, a confiança das empresas atingiu o valor mais alto desde Setembro de 2004 e o indicador de confiança dos consumidores manteve a tendência ascendente que iniciou em Fevereiro de 2006, segundo dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, a melhoria do índice de confiança dos consumidores, deve-se à recuperação de todas as componentes, em especial as perspectivas sobre a situação económica do país. Esta variável mantém uma tendência ascendente desde Setembro de 2005, apenas interrompida em Maio e Junho passados.

As expectativas dos consumidores sobre a situação financeira do agregado familiar também melhoraram em Agosto e Setembro, retomando a tendência ascendente iniciada em Outubro de 2005.

As perspectivas de evolução do desemprego apresentam-se em contínua recuperação desde Fevereiro e atingiram, em Setembro, o melhor valor desde Agosto de 2004. As expectativas de realização de poupança prolongaram a leve tendência ascendente que se iniciou após o mínimo histórico da série, obtido em Setembro do ano passado.

As restantes variáveis registaram uma evolução favorável em Setembro, à excepção das perspectivas sobre a compra de bens duradouros, que se agravaram nos três últimos meses, atingindo o pior valor dos últimos dez anos.

Os dados do INE revelam que as opiniões dos consumidores sobre a situação económica do país recuperaram de forma significativa em Setembro, prolongando o perfil ascendente que se regista desde Novembro de 2005, tendo atingido o melhor valor desde Abril de 2002.

Indústria em máximos de Setembro de 2001

Na indústria transformadora os níveis de confiança recuperaram nos últimos quatro meses, atingindo o máximo desde Setembro de 2001. No caso dos serviços, o indicador de confiança piorou ligeiramente em Setembro, mas manteve-se próximo do patamar relativamente elevado em quem se situou em Julho e Agosto.

No comércio, a confiança recuperou nos dois últimos meses. Em Setembro, esta melhoria deveu-se à recuperação no comércio por grosso.

Na construção e obras públicas, o indicador de confiança dos empresários apresentou ligeiras melhorias nos dois últimos meses, mantendo-se, contudo, muito próximo do mínimo desde Dezembro de 2003, registado no mês de Julho.

Ver comentários
Outras Notícias