Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confiança dos consumidores portugueses atinge mínimo desde 1996

O índice de confiança dos consumidores portugueses atingiu em Maio o valor mais baixo desde Setembro de 1996, depois de três meses consecutivos de subida, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 06 de Junho de 2002 às 11:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O índice de confiança dos consumidores portugueses atingiu em Maio o valor mais baixo desde Setembro de 1996, depois de três meses consecutivos de subida, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

Desde Fevereiro que o índice de confiança dos consumidores portugueses seguia uma trajectória ascendente, interrompida agora em Maio, com o índice a descer para um mínimo de quase seis anos.

Analistas políticos tem alertado que o discurso pessimista do Governo português pode por em causa uma retoma económica, dado afectar a confiança dos consumidores nacionais.

O Governo estima que a economia nacional cresça 1,25% este ano, um valor abaixo das previsões de diversos organismos internacionais.

Segundo o INE, este resultado de Maio « é justificado pelo sentimento negativo evidenciado em todas as respostas às questões que compõem o indicador sintético».

«O sentimento das famílias inquiridas deteriorou-se face às opiniões manifestadas nos últimos meses, indicando perspectivas mais pessimistas sobre a situação económica e financeira das famílias e do país, a evolução do desemprego e a oportunidade de realização de poupança nos próximos meses», refere o documento do INE.

A taxa de desemprego em Portugal situa-se actualmente nos 4,4%, mas os economistas alertam que poderá subir, devido às projectadas dispensas na Função Pública.

Ver comentários
Outras Notícias