Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confiança dos empresários e consumidores portugueses recupera em Abril

O indicador de clima recuperou em Abril, ajudado pela melhoria registada na confiança dos empresários de construção e de comércio, num mês em que as famílias portuguesas também se mostraram mais confiantes. Apenas os sectores de serviços e de indústria tr

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 03 de Maio de 2006 às 15:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O indicador de clima recuperou em Abril, ajudado pela melhoria registada na confiança dos empresários de construção e de comércio, num mês em que as famílias portuguesas também se mostraram mais confiantes. Apenas os sectores de serviços e de indústria transformadora registaram deteriorações nos indicadores de confiança.

O indicador de clima, que mede a confiança dos empresários, recuperou em Abril para os 0,4 pontos negativos, o que compara com os 0,6 pontos negativos observados em Março, de acordo com os dados preliminares divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que acrescenta que a recuperação do indicador anulou «grande parte da deterioração do mês passado».

A contribuir para a melhoria do indicador esteve a recuperação da confiança dos empresários do sector de construção e obras públicas, bem como do comércio.

Já o indicador de confianças das famílias portuguesas avançou para os 36,1 pontos negativos, o que compara com os 37,8 pontos negativos registados em Março. Este indicador mede as estimativas em relação à situação financeira no lar nos próximos 12 meses, a situação económica no país, a capacidade de poupar dinheiro e as previsões para o desemprego no país em igual período. Apenas a categoria relativa ao desemprego apresentou uma deterioração.

Já a confiança no sector de construção e obras públicas recuperou impulsionada pela melhoria da carteira de encomendas actual.

O indicador de confiança no comércio subiu para os 8,1 pontos negativos, com o comércio a grosso a contribuir para esta evolução, já que o comércio a retalho piorou.

Os indicadores de confiança dos serviços e da indústria transformadora registaram deteriorações no período em análise.

Ver comentários
Outras Notícias