Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consolidação orçamental condiciona investimento das empresas

As decisões de investimento das empresas estão a ser condicionadas pela incerteza relativamente ao impacto de algumas medidas de consolidação orçamental, considera o Banco de Portugal que prevê uma redução do investimento empresarial em 2006. O banco cent

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 15:30

As decisões de investimento das empresas estão a ser condicionadas pela incerteza relativamente ao impacto de algumas medidas de consolidação orçamental, considera o Banco de Portugal que prevê uma redução do investimento empresarial em 2006. O banco central diz que este ano foi o inícia da "concretização plena da consolidação orçamental".

O Banco de Portugal prevê que o investimento (formação bruta de capital fixo) diminua 3,2%, em 2006 com todos os sectores institucionais- habitação, administrações públicas e empresarial- a registarem uma evolução negativa.

No sector empresarial o Banco de Portugal diz que as "decisões das empresas estarão também a ser condicionadas pela incerteza quanto ao impacto de algumas medidas de carácter estrutural, designadamente no que se refere ao processo de consolidação orçamental".

"Factores como a previsibilidade do sistema fiscal e o grau de flexibilidade dos mercados de produto e de trabalho assumem uma especial relevância nas decisões de investimento por parte das empresas, em particular num contexto em que a abertura dos mercados internacionais exige importantes reafectações sectoriais na economia", considera a instituição liderada por Vítor Constâncio.

O banco central diz que 2006 foi o "início da concretização plena de um processo de consolidação orçamental" e que este processo será "fundamental na determinação de um quadro estável e previsível para as decisões dos agentes económicos em Portugal".

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio