Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consumo das famílias trava queda em Setembro

O indicador de actividade económica continua em queda, penalizado pelo consumo privado, mas os gastos das famílias pararam de cair em Setembro, face ao mês anterior.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 18 de Novembro de 2011 às 11:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A actividade económica em Portugal continuou a degradar-se em Setembro, com o indicador de actividade económica medida pelo Instituto Nacional de Estatística a registar uma variação homóloga nula, contra um crescimento de 0,5% em Agosto.

Na síntese económica de conjuntura, o INE adianta que o “indicador de consumo privado voltou a apresentar uma redução em Setembro [face ao período homólogo], embora estabilizando comparativamente ao mês anterior”.

O indicador recuou 1,8% em Setembro, igualando a queda sentida em Agosto, sinalizando que a queda do consumo das famílias poderá estar a parar de cair.

O consumo privado tem sido um dos principais responsáveis pela recessão em que a economia portuguesa se encontra, com os gastos das famílias a serem penalizados pela quebra do rendimento relacionada com as medidas de austeridade.

No início desta semana o INE adiantou que o PIB registou uma contracção de 1,7% no terceiro trimestre, uma redução mais acentuada do que no período anterior, devido à “desaceleração mais intensa nas exportações de bens e serviços e da diminuição mais intensa do investimento, com a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) em construção a apresentar um forte contributo negativo”.
Ver comentários
Saber mais INE consumo
Outras Notícias