Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Contrapartidas em dívida de compras militares baixam dos mil milhões

A Direcção-Geral das Actividades Económicas, que é quem tem de fiscalizar o cumprimento das contrapartidas militares, garante que no final de 2014 estavam por cumprir menos de mil milhões de euros.

Correio da Manhã
Negócios 03 de Fevereiro de 2015 às 20:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Há menos de mil milhões de euros de contrapartidas em dívida, segundo o relatório da Direcção-Geral das Actividades Económicas divulgado pelo Ministério da Economia esta terça-feira, 3 de Fevereiro.

 

O relatório referente a 2014 mostra que há 902 milhões de euros de contrapartidas em dívida. Em 2014 foram creditados 568,2 milhões de contrapartidas em euros e 37 milhões em dólares. O que elevou as contrapartidas totais do programa entre 2004 e 2014 aos 1,68 mil milhões de euros. Segundo a Direcção-Geral das Actividades Económicas foi o primeiro ano em que as contrapartidas registadas são superiores às que estão em dívida. 

 

Das contrapartidas creditadas, 25,8 milhões referem-se ao programa EH-101 (helicópteros), 2,6 milhões de euros ao P-3C Orion; 49,7 milhões de euros ao C-295; 22,2 milhões à compra dos Pandur e 467,9 milhões dos submarinos. Já a contrapartida, em dólares, de 37,1 milhões, está relacionada com a modernização das Aeronaves F-16. 

Ver comentários
Saber mais contrapartidas defesa
Mais lidas
Outras Notícias