Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Corte na TSU paga mais de 15% da subida do salário mínimo

O desconto de 1% proposto pelo Governo para um eventual acordo cobre, no mínimo, 14,9% no acréscimo de custos das empresas com o novo salário mínimo. Se forem abrangidas todas as situações, como agora, o desconto pode chegar a superar o acréscimo de custos.

Miguel Baltazar/Negócios
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...

O Governo propôs aos parceiros sociais um desconto de um ponto na taxa social única para as empresas que suportam os encargos do aumento do salário mínimo, o que implica que cubra, no mínimo, 14,9% do aumento suportado pelos empregadores em salários e contribuições. Mas caso se mantenha a lógica em vigor, como esperam os patrões, esta percentagem sobe à medida que aumenta o escalão salarial, permitindo até

...

Ver comentários
Saber mais Salário mínimo TSU Concertação Social Governo patrões sindicatos
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias