Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cortiça "mete rolha" na crise e volta a crescer

As exportações atingiram os 469 milhões de euros nos primeiros 7 meses de 2010, mais 9% do que há um ano

Rui Neves ruineves@negocios.pt 22 de Setembro de 2010 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Pop! A indústria portuguesa de cortiça tem razões para voltar a abrir uma garrafa de champanhe, removendo delicadamente a rolha fabricada em sua casa, e comemorar a entrada das exportações num novo ciclo de crescimento. Depois do "annus horribilis" de 2009, com as vendas ao exterior a sofrerem uma quebra de 15% face ao ano anterior, o sector regista um forte PREC (processo de recuperação em curso). Isto apesar do fecho de muitas empresas e da insolvência de grandes fabricantes de cortiça.

De acordo com os dados do INE, nos primeiros sete meses deste ano, as exportações de cortiça aumentaram 8,73% face ao mesmo período do ano passado, para 468,9 milhões de euros, mais 37,6 milhões de euros do que nos primeiros sete meses de 2009. "Há uma inversão da tendência face ao ano de 2009. O pior já passou e estamos a crescer", regozijou-se António Rios Amorim, o presidente da Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor) e da Corticeira Amorim, líder mundial do sector.









logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias