Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Costa dá recandidatura e reeleição de Marcelo como certas

Na visita conjunta à Autoeuropa, o primeiro-ministro disse pretender voltar a visitar as instalações da empresa "no primeiro ano do próximo mandato do senhor Presidente".

A carregar o vídeo ...
David Santiago dsantiago@negocios.pt 13 de Maio de 2020 às 13:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 23
  • ...
António Costa mostra-se "otimista" de que Portugal continuará a ter Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República depois das presidenciais do próximo ano. No final da visita que ambos realizaram na manhã desta quarta-feira às instalações da Autoeuropa, o primeiro-ministro mostrou-se convicto de que Marcelo não só se recandidatará a Belém como será reeleito para um segundo mandato presidencial. 

"Estabeleceu-se uma nova tradição de que o primeiro-ministro e o Presidente da República vêm em conjunto à Autoeuropa. Foi assim em 2016 no primeiro ano de mandato do senhor Presidente, foi agora também no último ano do atual mandato do senhor Presidente", começou por afirmar António Costa antes de se referir ao convite que ambos receberam hoje para um almoço no refeitório da empresa junto dos trabalhadores. 

"Como não há duas sem três, devemos voltar outra vez. Disse na altura que tinha uma boa data simbólica a propor para fazermos essa terceira visita em conjunto e partilharmos essa refeição", prosseguiu, notando que "a terceira data é óbvia: é no primeiro ano do próximo mandato do senhor Presidente", atirou. 

Costa continuou dizendo fazer-se desde "já convidado" para voltar à Autoeuropa para partilhar "essa refeição" com Marcelo e administradores e trabalhadores da empresa.

 

Seguiu-se Marcelo nas declarações aos jornalistas presentes na unidade de Palmela, com o Presidente, que mantém tabu sobre uma eventual recandidatura pois pretende revelar a sua decisão apenas no outono, a preferir não abordar diretamente a questão. Afirmou apenas que "a vontade de todos nós é estarmos cá" e considerou ser "prematuro estar agora a falar nessa matéria".

 

Prematuro ou não, António Costa voltou a dirigir-se aos jornalistas para reiterar que, sendo ele "otimista", não tem a "menor dúvida do que se seguirá no próximo ano". O líder socialista recusou, porém, esclarecer se o PS apoiará uma potencial recandidatura de Marcelo a Belém ou se, como nas últimas presidenciais, vai optar não conferir apoio a nenhum candidato.


(Notícia atualizada às 14:07)
Ver comentários
Saber mais António Costa Marcelo Rebelo de Sousa Autoeuropa
Outras Notícias