Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Costa arranca semana decisiva nos palácios de Paris

O primeiro-ministro português passa pelo Palácio de Matignon para um encontro com o homólogo francês, Manuel Valls, e termina a jornada numa exposição sobre Amadeo de Souza Cardoso no Grand Palais.

António Costa: não foi por ter chegado a primeiro-ministro que o ano de 2015 é de Costa. É pela forma como lá chegou. Pela habilidade negocial e pelo arrojo com que o fez. António Costa driblou todos os seus adversários e mesmo sofrendo mais golos do que os marcados foi ele que levou a taça.
Reuters
Negócios jng@negocios.pt 18 de Abril de 2016 às 10:49
  • Partilhar artigo
  • ...

O primeiro-ministro vai estar esta segunda-feira em Paris com a agenda preenchida por encontros políticos e culturais, no início de uma semana decisiva em que o Governo aprovará o Plano de Estabilidade para enviar para a Comissão Europeia até ao final de Abril, conhecendo já as "linhas vermelhas" dos parceiros parlamentares.

 

Depois de um encontro com representantes da comunidade portuguesa, realizado bem cedo, António Costa seguiu para o Palácio de Matignon, onde tem encontro marcado com o primeiro-ministro francês, Manuel Valls. No final do encontro estão previstas declarações à imprensa dos dois responsáveis socialistas.

Este é o regresso do primeiro-ministro à capital francesa depois do encontro ali promovido há cerca de três semanas pelo presidente francês, François Hollande, com os chefes de Governo e líderes do Partido Socialista Europeu. Foi aliás nesse encontro que ficou alinhavada a visita de Costa a Atenas, realizada na semana passada, em que assinou com Alexis Tsipras uma declaração contra a austeridade.

 

Ao início da tarde, António Costa vai visitar a Casa de Portugal, na Cidade Internacional Universitária de Paris (CIUP), onde será recebido pelo presidente da CIUP, Marcel Pochard, pela directora da Casa de Portugal, Ana Paixão, e pelo presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Artur Santos Silva.

 

Ao final da tarde, no âmbito das comemorações dos 50 anos da delegação em França da Gulbenkian, o chefe do Governo estará no Grand Palais para a inauguração de uma exposição sobre a vida e obra de Amadeo de Souza Cardoso. Segundo a Lusa, a mostra comissariada pela historiadora de arte Helena de Freitas conta com cerca de 250 obras em pintura, desenho e gravura e fotografia do criador português.

Ver comentários
Saber mais António Costa Paris França Manuel Valls cultura Fundação Calouste Gulbenkian
Outras Notícias