Américas Crescimento da economia dos EUA revisto em baixa para 2,5%

Crescimento da economia dos EUA revisto em baixa para 2,5%

A segunda leitura do PIB do quarto trimestre mostra que a economia desacelerou de 3,2%, entre Julho e Setembro, para 2,5% no final do ano.
Crescimento da economia dos EUA revisto em baixa para 2,5%
Bloomberg
Rita Faria 28 de fevereiro de 2018 às 13:57

O crescimento do PIB dos Estados Unidos no quarto trimestre do ano passado foi revisto em baixa de 2,6% para 2,5%, indo ao encontro das estimativas dos economistas. Esta evolução representa um abrandamento face aos três meses anteriores, em que a subida do PIB foi de 3,2%.

 

De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 28 de Fevereiro, pelo Departamento do Comércio, os gastos dos consumidores – que têm um peso de cerca de 70% na economia - aumentaram 3,8% entre Outubro e Dezembro, o que compara com o aumento homólogo de 2,2% no trimestre anterior. Já os gastos do governo cresceram a um ritmo de 2,9%.

 

Apesar da revisão em baixa, os Estados Unidos fecharam o ano passado com um crescimento sólido, uma evolução que terá abrandado no arranque de 2018, a avaliar pelos mais recentes dados sobre as vendas a retalho, venda de casas, encomendas de bens duradouros e produção industrial, referentes ao primeiro mês do ano. As estimativas para o primeiro trimestre apontam para um crescimento da economia de apenas 1,8%.

 

No entanto, para o conjunto do ano, as projecções são mais animadoras, com os economistas a admitirem que os Estados Unidos poderão atingir a meta de crescimento de 3% da administração Trump, colocando mais pressão sobre a Fed para acelerar a normalização da política monetária.

 

Esta terça-feira, num discurso dirigido ao Congresso, o novo líder da Fed, Jerome Powell, admitiu que as suas estimativas "pessoais" fortaleceram-se desde Dezembro, e que o banco central continua focado no seu plano de subidas graduais dos juros.

Esta é a segunda de três leituras do PIB do quarto trimestre, sendo que a última será divulgada em Março. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
Saber mais e Alertas
pub