Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crise no mercado hipotecário pode custar 110 mil milhões de euros aos investidores

A crise no mercado de empréstimos de alto risco ("subprime") nos EUA vai representar cerca de 150 mil milhões de dólares (110,37 mil milhões de euros) em perdas para os investidores em crédito em todo o mundo, segundo um estudo realizado pela Calyon, unid

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 15 de Agosto de 2007 às 13:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A crise no mercado de empréstimos de alto risco ("subprime") nos EUA vai representar cerca de 150 mil milhões de dólares (110,37 mil milhões de euros) em perdas para os investidores em crédito em todo o mundo, segundo um estudo realizado pela Calyon, unidade de banca de investimento do Credit Agricole.

O incumprimento nos pagamentos pode chegar aos 20% de um total de 1,3 biliões de dólares (956 mil milhões de euros) existentes em crédito "subprime", segundo a mesma fonte citada pela Bloomberg.

O estudo adianta que, assumindo que os investidores podem recuperar metade dos seus investimentos as perdas podem ascender a 130 mil milhões de dólares (95,65 mil milhões de euros).

A Calyon revela no relatório que elaborou que há outras estimativas que apontam para que as perdas possam variar entre 50 mil milhões e 200 mil milhões de dólares.

Ver comentários
Outras Notícias