Impostos Cristiano Ronaldo oferece 14 milhões para resolver problema com fisco espanhol

Cristiano Ronaldo oferece 14 milhões para resolver problema com fisco espanhol

O internacional português admite declarar-se culpado e pagar 14 milhões para pôr um ponto final à contenda. Proposta está a ser avaliada pela Agência Tributária espanhola, escreve esta sexta-feira o jornal El Mundo.
Cristiano Ronaldo oferece 14 milhões para resolver problema com fisco espanhol
Reuters
Negócios 18 de maio de 2018 às 10:02

É o mais recente episódio do Football Leaks envolvendo Cristiano Ronaldo, o jogador português apresentou à Agência Tributária uma proposta para pôr fim à contenda que se arrasta há meses: declara-se culpado e paga 14 milhões de euros. A notícia é hoje avançada pelo jornal El Mundo que escreve que o Fisco espanhol está a avaliar a proposta de Ronaldo.

 

O fisco espanhol, recorde-se, reclama 14,7 milhões de euros referentes ao período entre 2011 e 2014 e relacionados com os direitos de imagem do jogador. Com esta proposta, Cristiano admite assumir a sua responsabilidade penal e concordar com os critérios do Fisco espanhol para exigir a tributação dos direitos de imagem em Espanha, que tem vindo a contestar em tribunal no último ano.

 

Caso não chegue a acordo e seja julgado em tribunal, uma condenação pode sair cara ao jogador português. Segundo o El Mundo, os valores reclamados pelo Fisco espanhol poderão disparar e, no pior dos cenários, chegar aos 100 milhões de euros: mais de seis vezes a quantia em falta junto do Fisco.

 

Por outro lado, e mesmo que o futebolista fosse declarado criminalmente inocente pelo tribunal, a Agência Tributária continuaria a tentar reaver os impostos em falta pela via administrativa, caso em que poderiam estar em causa mais de 30 milhões de euros.  Ou seja, Cristiano tem todo o interesse em conseguir que a sua proposta de acordo seja aceite, mesmo que tal implique declarar-se culpado e desembolsar 14 milhões de euros.




pub