Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crude sobe após Bush ter revelado que EUA estão preparados para guerra

O crude seguia a subir, após George W. Bush, presidente dos Estados Unidos (EUA), ter revelado que o país está preparado para utilizar a força militar contra o Iraque, sem o aval das Nações Unidas (ONU).

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 07 de Março de 2003 às 19:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O crude seguia a subir, após George W. Bush, presidente dos Estados Unidos (EUA), ter revelado que o país está preparado para utilizar a força militar contra o Iraque, sem o aval das Nações Unidas (ONU).

«Não vou deixar o povo americano à mercê do ditador iraquiano e das suas armas» caso a resolução que propôs à ONU falhe, afirmou o presidente dos EUA, citado pelas agências internacionais.

Hans Blix, chefe dos inspectores do Iraque, disse hoje perante a ONU que o país de Saddam Hussein está a melhorar a sua cooperação, pedindo mais meios e tempo para inspeccionar o Iraque.

O «brent», ou petróleo do Mar do Norte [CO1], para entrega em Abril seguia a subir 1,30% para os 34,10 dólares (31,09 euros).

Em Nova Iorque, o crude [CL1], para entrega em Abril valorizava 1,08% para os 37,40 dólares (34,09 euros).

Os EUA e o Reino Unido já enviaram cerca de 250 mil militares para a região do Golfo Pérsico.

Blix exemplificou que a destruição dos mísseis Al Samoud 2 «constitui uma medida substancial de desarmamento» do Iraque, tendo mesmo «sido a primeira desde 1990».

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que se irá reunir na próxima semana em Viena, não vai aumentar as quotas de produção, caso a guerra no Iraque interrompa o fornecimento de petróleo proveniente do Iraque.

Ver comentários
Outras Notícias