Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

David Cameron vai passar pouco mais de duas horas em Lisboa

O primeiro-ministro britânico vem a Lisboa esta sexta-feira para se reunir com Passos Coelho. A visita foi pedida por David Cameron em Junho, para debater as questões associadas ao referendo britânico para sair da União Europeia. Mas também pode ser um trunfo para Passos.

David Cameron, primeiro-ministro britânico
Reuters
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 03 de Setembro de 2015 às 19:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

David Cameron vai fazer uma visita relâmpago a Portugal esta sexta-feira, 4 de Setembro. O primeiro-ministro britânico vai reunir-se com o homólogo português na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, num encontro que começa às 9:00 e deverá ter a duração de uma hora. No final, os dois chefes de Governo vão fazer uma declaração à comunicação social, que não terá direito a perguntas, segundo fonte oficial do gabinete de Passos Coelho.

 

A reunião foi pedida por David Cameron em Junho, no final do Conselho Europeu. De acordo com a mesma fonte, em cima da mesa estará o referendo que o Reino Unido pretende realizar no final de 2017, e as mudanças que os britânicos pretendem implementar para aceitarem continuar membros da UE. Entre as questões a debater está a livre circulação de pessoas, que Cameron quer restringir, ou a temática da competitividade. As negociações entre Londres e Bruxelas arrancam este mês.

 

Apesar de não constar da agenda oficial, é expectável que a crise de imigração que se vive na Europa faça parte da conversa entre Cameron e Passos Coelho. Nesta temática, Cameron causou polémica quando afirmou, esta quarta-feira, dia 2, que não acredita que "se possa dar uma resposta simplesmente acolhendo mais e mais refugiados".

 

Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda, exigiu a Passos Coelho que "se demarque claramente da posição do Governo britânico e faça pressão para que o Governo britânico assuma as suas responsabilidades" na questão dos refugiados.

 

O encontro acaba, como escreveu o Expresso, por surgir numa boa altura para Passos Coelho: é que David Cameron foi reeleito em Maio com maioria absoluta, afastando os Trabalhistas (da mesma família política que o PS). Foi um resultado surpreendente que nenhuma sondagem anteviu. A um mês das eleições, Passos Coelho poderá contar com o exemplo do colega britânico.

 

A declaração dos dois líderes está prevista para pouco depois das 10:00. David Cameron deixa Lisboa às 11:00, num voo que terá como destino Madrid, onde se vai encontrar com Mariano Rajoy.

Ver comentários
Saber mais David Cameron Passos Coelho Conselho Europeu Reino Unido Catarina Martins referendo União Europeia refugiados
Mais lidas
Outras Notícias