Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teodora Cardoso: "De cada vez que se calcula, o saldo estrutural muda"

O Conselho de Finanças Públicas tem a responsabilidade de avaliar se o país cumpre as regras europeias, nomeadamente na redução do saldo orçamental estrutural (o que ajusta ao efeito do ciclo económico e das medidas estruturais). Teodora Cardoso diz que ainda não o consegue fazer e revela que há mais flexibilidade do que se poderia imaginar num indicador inscrito no Tratado Orçamental.

Bruno Simão/Negócios
Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 06 de Novembro de 2014 às 06:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

Bruxelas diz que o saldo estrutural aumentará em 0,4 pontos, o que reverte em quase metade o que tinha sido conseguido nos dois anos anteriores. Existe alguma margem para Portugal não receber recomendações para alterar o orçamento?

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Conselho de Finanças Públicas Teodora Cardoso Tratado Orçamental Bruxelas Portugal União Europeia Comissão Europeia orçamento do estado e impostos
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias