Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice agrava-se mesmo com subida das exportações

Nem o crescimento das exportações em Junho evitou um novo aumento do défice comercial que, nos primeiros seis meses do ano, tem já o maior agravamento desde 2008.

Miguel Baltazar/Negócios
Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 10 de Agosto de 2014 às 21:00
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...

É preciso recuar até Junho de 2008 para encontrar um maior aumento relativo do défice comercial português.  Segundo os dados publicados sexta-feira pelo INE, nos primeiros seis meses de 2014, a diferença entre as exportações e as importações ascendia a mais de 4,8 mil milhões de euros, quando no mesmo período de 2013 estava pouco acima dos quatro mil milhões de euros.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais INE saldo externo défice excedente contas nacionais
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias