Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice comercial dos Estados Unidos baixa em Janeiro com queda importações

O défice comercial dos Estados Unidos baixou em Janeiro face ao nível recorde registado em Dezembro, ficando abaixo das estimativas dos analistas, fruto da queda de 2% registada nas importações, anunciou o Departamento do Comércio.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 12 de Março de 2003 às 13:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O défice comercial dos Estados Unidos baixou em Janeiro face ao nível recorde registado em Dezembro, ficando abaixo das estimativas dos analistas, fruto da queda de 2% registada nas importações, anunciou o Departamento do Comércio.

O défice comercial dos Estados Unidos atingiu 41,1 mil milhões de dólares (37,39 mil milhões de euros), abaixo dos 44,9 mil milhões de dólares (40,85 mil milhões de euros) registados no mês anterior, que foi o valor mais elevado de sempre.

Os analistas contavam com uma queda no défice comercial, mas não de uma forma tão acentuada como o de facto verificado. A explicar esta queda superior à esperada está a descida de 2% nas importações, explicada pelo abrandamento da maior economia do mundo.

Os economistas estão a cortar as estimativas para o crescimento do PIB dos Estados Unidos este ano, sugerindo que com o abrandamento do consumo, também o défice da balança comercial deverá baixar, face ao valor recorde de 435,7 mil milhões de dólares (396,7 mil milhões de euros) verificado em 2002.

A queda das importações é mais relevante ainda, dado a subida das compras de petróleo, impulsionadas pelo aumento do preço do barril de crude. Em Janeiro as exportações aumentaram 1,6%, depois de terem caído 2,8% em Dezembro.

A depreciação do dólar contra o euro também explica a quebra no défice comercial, com as exportações dos EUA a ficarem mais atractivas.

Outras Notícias