Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice comercial dos EUA aumenta para valor recorde

O défice da balança comercial dos Estados Unidos atingiu em Julho os 68 mil milhões de dólares, o valor mais alto de sempre. Este aumento, que superou as previsões dos economistas, resulta da subida das importações e da queda das exportações, que recuaram

André Veríssimo averissimo@negocios.pt 12 de Setembro de 2006 às 13:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O défice da balança comercial dos Estados Unidos atingiu em Julho os 68 mil milhões de dólares, o valor mais alto de sempre. Este aumento, que superou as previsões dos economistas, resulta da subida das importações e da queda das exportações, que recuaram pela primeira vez em cinco meses.

O Departamento do Comércio dos EUA anunciou hoje que a importação de bens e serviços subiu 1% em Julho para os 188 mil milhões de dólares, também este um valor recorde. Este aumento é atribuído sobretudo à subida do preço do petróleo, que fez aumentar o valor da importação desta matéria-prima e dos combustíveis.

Já as exportações caíram 1,1% para os 120 mil milhões de dólares, fixando o défice comercial nos 68 mil milhões. Uma sondagem da agência Bloomberg a 69 economistas apontava para um défice de 65,5 mil milhões. Em Junho, o défice comercial foi de 64,8 mil milhões.

O aumento do défice fez cair a moeda americana, com cada euro a valer 1,2719 dólares, contra os 1,2703 dólares registados ontem. Desde o início do ano, o euro já ganhou cerca de 7% face ao dólar.

Outras Notícias