Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice da balança comercial portuguesa cresce 0,7% em 2006

O défice da balança comercial portuguesa registou, em 2006, um agravamento de 0,7% face ao ano anterior.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 09 de Março de 2007 às 15:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O défice da balança comercial portuguesa registou, em 2006, um agravamento de 0,7% face ao ano anterior.

Em 2006, o défice da balança comercial portuguesa cresceu 0,7% para 18,5 mil milhões de euros, apesar das exportações terem aumentado mais que as importações. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), as exportações cresceram 12,4% para os 34,5 mil milhões de euros e as importações aceleraram 8% para os 53,06 mil milhões de euros.

No comércio com a União Europeia, registou-se uma subida de 8,7% das exportações e de 6,8% das importações. Neste caso, o défice da balança comercial cresceu 3,1% para os 13,4 mil milhões de euros.

O défice comercial caiu apenas nas trocas com países terceiros (fora da União Europeia), com uma redução de 5,3% para os 5,1 mil milhões de euros. As exportações com países extra-comunitários subiu 26,8% e as importações cresceram 11,9%.

Na análise por trimestre, o INE destaca que o abrandamento das importações registado no últimos três meses de 2006. Neste período, as importações cresceram apenas 5,7%, o que compara com uma subida de 10,9% no primeiro trimestre do ano.

Na análise por sector económico, as importações de combustíveis e lubrificantes subiram 13,2%, as de fornecimentos industriais cresceram10,1% e os produtos alimentares 9,1%.

No lado das exportações, registaram-se variações positivas, mas os principais destaques vão para os combustíveis com uma subida de 47,7% e para as máquinas e outros bens de capital com uma expansão de 22,2%.

Ver comentários
Outras Notícias