Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Défice orçamental de França vai subir pela primeira vez em cinco anos

O ministro das Finanças francês, Michel Sapin, anunciou, esta segunda-feira, que o défice do país vai subir de 4,3% do PIB, em 2013, para 4,4% no final de 2014. Os dados representam "uma operação de verdade", diz o ministro.

Rita Faria afaria@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 09:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

O défice orçamental de França vai aumentar em 2014 pela primeira vez em cinco anos, com a baixa inflação e a estagnação da economia a contribuírem para a redução das poupanças orçamentais e das receitas fiscais. A revisão em alta foi anunciada esta quarta-feira pelo ministro francês das Finanças, Michel Sapin.

 

A segunda maior economia da Europa deverá fechar o ano com um défice de 4,4% do PIB, o que compara com 4,3% no final de 2013, anunciou Sapin, citado pela Bloomberg.

 

Contudo, o executivo liderado por Manuel Valls (na foto) descartou um aumento de impostos para reduzir o défice e manteve a sua meta de cortes na despesa.

 

Sapin acrescentou ainda que as previsões que apresenta hoje representam uma "operação de verdade" para as finanças da segunda maior economia da Europa.

 

No final da semana passada, o Eurostat confirmou que a economia francesa estagnou no segundo trimestre deste ano. 

Ver comentários
Saber mais França Michel Sapin Europa Manuel Valls Eurostat economia negócios e finanças macroeconomia política conjuntura
Mais lidas
Outras Notícias