Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desempregados garantem que os Centros de Emprego falham no seu papel

O balanço da entrada em vigor das novas regras do subsídio de desemprego é pouco animador. Os centros de emprego têm revelado dificuldades no acompanhamento dos desempregados e no reforço da sua intervenção junto das empresas, concentrando-se, em alternat

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O balanço da entrada em vigor das novas regras do subsídio de desemprego é pouco animador. Os centros de emprego têm revelado dificuldades no acompanhamento dos desempregados e no reforço da sua intervenção junto das empresas, concentrando-se, em alternativa, no controlo burocrático das novas obrigações exigidas aos subsidiados.

O Plano Pessoal de Emprego, apresentado como a peça determinante para a inserção dos desempregados no mercado de trabalho, tem-se revelado "superficial" e "sem consequências práticas".

As novas exigências na procura activa de emprego têm também criado situações de legalidade duvidosa: empresas que vendem comprovativos aos desempregados e desempregados que recorrem à mercearia, ou à farmácia da rua, para provarem que estão empenhados em encontrar um posto de trabalho.

Contas feitas, aquilo que devia ser um contrato entre os serviços públicos de emprego e os desempregados está a revelar-se pouco equilibrado, com o esforço adicional a ser pedido essencialmente a um dos lados: o desempregado.

Ver comentários
Outras Notícias