Economia Desemprego em Espanha aumenta mas mantém-se o mais baixo da última década

Desemprego em Espanha aumenta mas mantém-se o mais baixo da última década

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos espanhóis registou um aumento de 52.195 pessoas durante o mês de Outubro, alcançando um total de 3.254.703, que mesmo assim é o número mais baixo dos últimos 10 anos.
Desemprego em Espanha aumenta mas mantém-se o mais baixo da última década
Angel Navarrete
Lusa 05 de novembro de 2018 às 09:45

Segundo os dados publicados hoje em Madrid pelo Ministério do Trabalho, Migrações e Segurança Social de Espanha, apesar do aumento mensal, o desemprego diminuiu em 212.323 pessoas em comparação com um ano antes.

 

Sem tomar em consideração as variações ligadas ao trabalho sazonal, o desemprego baixou em 27.483 pessoas durante o mês de Outubro.

 

Por sectores de actividade, o desemprego apenas diminui na construção (3.695 pessoas), tendo subido nos restantes, principalmente nos serviços (43.219), agricultura (9.301) e indústria (2.821).

 

Por outro lado, o número médio de inscritos nos serviços de Segurança Social espanhóis registou em Outubro um aumento de 130.360 pessoas (mais 0,69% do que em Setembro), para 18,993 milhões de pessoas ocupadas.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI