Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida externa cai pelo segundo trimestre consecutivo

A dívida externa portuguesa, medida pela Posição de Investimento Internacional, diminuiu inesperadamente no terceiro trimestre. É o segundo movimento consecutivo neste sentido, de acordo com dados do Banco de Portugal.

Pedro Romano promano@negocios.pt 23 de Dezembro de 2010 às 12:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
O saldo líquido entre activos detidos por Portugal no estrangeiro e activos detidos pelo estrangeiro em território nacional passou de 181.169 para 180.098 milhões de euros. Valores que representam, respectivamente, 104,9% e 104,3% do PIB.

O recuo da PII fica a dever-se a uma reavaliação dos activos e passivos, especialmente significativa na rubrica "outro investimento". Os fluxos trimestrais de financiamento mantiveram-se negativos mas o valor do "stock" sofreu uma revisão favorável.

No terceiro trimestre, aliás, a economia portuguesa continuou a ter de se financiar junto do exterior, apesar de o fazer a um ritmo menor. Os 4,8% do PIB comparam com um valor recorde de 12,9% no segundo trimestre.

A Posição de Investimento Internacional compara a totalidade dos activos que Portugal detém sobre o exterior com os activos que os estrangeiros têm em Portugal. Além da dívida propriamente dita - crédito, obrigações, etc. -, contabiliza o investimento directo estrangeiro, participações em empresas e activos de reserva.
Ver comentários
Saber mais Posição de Investimento Internacional Dívida Externa
Mais lidas
Outras Notícias