Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida nacional trava ganhos do PPR público

A rentabilidade anualizada da dívida portuguesa na carteira dos certificados de reforma passou para negativo em Junho.

Paulo Moutinho 16 de Julho de 2010 às 10:25
  • Partilhar artigo
  • ...
A exposição à dívida portuguesa está a travar os ganhos do PPR público. Em Junho, a rentabilidade dos certificados de reforma do Estado caiu para 4,81%, de 5,98% no mês anterior, reflectindo, essencialmente, o facto do retorno anualizado dos títulos de dívida nacional ter passado a ser negativo.

Dados do Instituto de Fundos de Capitalização da Segurança Social (IGFCSS), apresentados ontem, revelam que a rentabilidade anualizada dos títulos de dívida portuguesa na carteira dos certificados de reforma é negativa em 0,17%. No mês anterior, era positivo em 2,8%.

É a primeira vez, desde que há dados, que o resultado é negativo. Este é um reflexo da queda acentuada do valor destes títulos nos últimos meses, período marcado pelo aumento dos receios dos investidores perante a dívida dos países periféricos da Zona Euro, entre eles Portugal.

O peso da dívida nacional na carteira até aumentou no mês passado, mas face ao final de 2009, verifica-se uma queda de praticamente 10 pontos percentuais. Pelo contrário, a exposição à dívida de países da OCDE cresceu de 29,12% para 41,84%.

A exposição às acções também aumentou, no mesmo período. Passou para 17,33% da carteira do PPR público, sendo esta aposta a mais rentável. A rentabilidade anualizada deste investimento é de mais de 30%, o que permite um balanço positivo dos certificados de reforma no semestre.

Ver comentários
Outras Notícias