IRS Diferenciação da TSU castiga mais alojamento e restauração
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
IRS

Diferenciação da TSU castiga mais alojamento e restauração

Se o Governo avançar com a fórmula que penaliza os contratos a prazo e alivia ligeiramente os sem termo, as empresas do comércio e serviços vão ter de gastar em média mais 1,7% em contribuições sociais. As conclusões são de um estudo da CCP.
Diferenciação da TSU castiga mais alojamento e restauração
Elisabete Miranda 20 de fevereiro de 2018 às 22:50

Se o Governo levar para diante a sua intenção de penalizar os patrões que recorrem a contratos a prazo e aliviar ligeiramente os que empregam sem termo, o sector do comércio e dos serviços vai ter de suportar uma factura )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub