Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Direito Penal face à pandemia: Cibercriminosos arriscam até oito anos de prisão

Numa situação de vulnerabilidade como a que se vive devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, as fraudes cometidas através da internet podem ter penas superiores e ir até oito anos de prisão.

O atual contexto de crise está a ser aproveitado pelos criminosos para burlar cidadãos e empresas. Miguel Baltazar
João Maltez jmaltez@negocios.pt 02 de Abril de 2020 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
As fraudes são as mesmas de sempre, mas desta vez as práticas ilegítimas têm como pano de fundo uma pandemia. Em causa estão as burlas cometidas através da internet para vender remédios milagrosos ou angariar dinheiro solidário que acaba no bolso dos burlões. A lei identifica estas práticas como crime e, segundo especialistas ouvidos pelo Negócios, quem se aproveite de situações de vulnerabilidade para os cometer ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais coronavírus covid-19 Cibercriminosos
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias