Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida pública aumentou em fevereiro para máximo de nove meses

A dívida pública deverá estar sob pressão nos próximos meses devido aos gastos do governo para fazer face à recessão que se estima devido à pandemia.

Lusa
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 01 de Abril de 2020 às 11:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

A dívida pública portuguesa aumentou 3 mil milhões de euros em fevereiro, anunciou o Banco de Portugal.

 

A dívida na ótica de Maastricht atingiu 255,4 mil milhões de euros, o que representa o nível mais elevado desde maio do ano passado, quando ascendeu a 256,8 mil milhões de euros. Em janeiro o aumento tinha sido de 2,3 mil milhões de euros.

 

Em comunicado, o Banco de Portugal explica que para este aumento "contribuiu o aumento dos títulos de dívida (2,7 mil milhões de euros) e das responsabilidades em depósitos (0,4 mil milhões de euros), por via, principalmente, de certificados do Tesouro".

 

Apesar do agravamento da dívida total, a dívida pública líquida de depósitos diminuiu 300 milhões de euros face a janeiro, para 234,7 mil milhões de euros. Esta descida deve-se ao aumento de 3,3 mil milhões de euros dos ativos em depósitos das administrações públicas.

 

É de esperar que a dívida pública aumente fortemente nos próximos meses devido aos gastos do governo para fazer face à recessão que se estima devido à pandemia. Ainda hoje o Governo autorizou o IGCP a elevar as emissões de dívida para um total de até 89 mil milhões de euros, com uma subida das obrigações do Tesouro para até 25 mil milhões de euros (mais 50% do que o anterior limite).

 

Portugal terminou 2019 com um rácio da dívida pública de 117,7% do PIB. A meta do Governo para 2020 é de 116,2% do PIB.

Ver comentários
Saber mais Banco de Portugal dívida publica
Mais lidas
Outras Notícias