Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida pública espanhola atinge novo recorde nos 979 mil milhões de euros

A dívida pública de Espanha registou um novo recorde em Janeiro deste ano. Em causa estão 95,7% do PIB. Prevê-se que a dívida continue a crescer devido a emissões de regiões autónomas que não aderiram ao plano de resgate do Estado.

Reuters
Negócios 17 de Março de 2014 às 11:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A dívida pública espanhola ficou um novo recorde, ao atingir 979.316 milhões de euros, em Janeiro passado, segundo informação publicada pelo Banco de Espanha esta segunda-feira, 17 de Março, citada pelo jornal espanhol El País.

 

O aumento foi impulsionado pela última tranche do plano de pagamento que visa atenuar a dívida aos fornecedores públicos. O valor da dívida do Estado espanhol representa já 95,7% do produto interno bruto (PIB) do país, valor recorde desde a primeira década do século XX.

 

Espanha fechou o ano 2013 com a dívida a representar 93,9% do PIB, cumprindo assim os objectivos previstos, segundo o El País.

 

O aumento da dívida pública registado em Janeiro justifica-se com a segunda tranche da terceira fase do plano de pagamento de dívida a fornecedores. Esta última fase do plano, que se iniciou em 2013, dividiu-se em dois, o que significou um claro alívio para a dívida do Estado no encerramento das transacções. O pagamento dos últimos 8.065 milhões de euros adiou-se até Fevereiro, avança a mesma publicação.

 

Prevê-se que a dívida continue a crescer, impulsionada pelo efeito das emissões realizadas por comunidades que não aderiram ao fundo de resgate do Estado. Regiões autónomas como Madrid, Aragão, Galiza ou Navarra, aceleraram a emissão de dívida em Fevereiro, com o objectivo de aproveitarem as melhorias do mercado. No cofre do Estado espanhol estavam apenas 19.500 milhões no fim do primeiro mês de 2014, o valor mais baixo em sete anos, segundo o El País.

 

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias