Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dormidas em estabelecimentos hoteleiros caem 0,8%

As dormidas em estabelecimentos hoteleiros, nos primeiros dez meses de 2003, caíram 0,8% relativamente ao mesmo período do ano passado, apesar das dormidas dos residentes em Portugal terem subido 4,8%, revelaram hoje dados do Instituto Nacional de Estatís

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 31 de Dezembro de 2003 às 11:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As dormidas em estabelecimentos hoteleiros, nos primeiros dez meses de 2003, caíram 0,8% relativamente ao mesmo período do ano passado, apesar das dormidas dos residentes em Portugal terem subido 4,8%, revelaram hoje dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Entre Janeiro e Outubro verificaram-se 30,6 milhões de dormidas em estabelecimentos hoteleiros classificados, o que significa um “decréscimo de 0,8%, quando comparado a igual período do ano anterior”, com as regiões do Alentejo, Norte, Lisboa e Vale do Tejo e o Algarve a apresentarem quebras de 6,9%, 4,5%, 1,5% e 0,7%, respectivamente.

As Regiões Autónoma da Madeira e Autónoma dos Açores registaram “crescimentos homólogos” de 2,6% e 1,2%, respectivamente, bem como a região Centro, com uma asubida de 0,6%.

No entanto, o Algarve manteve a liderança como a região mais procurada pelos turistas com 43,3% do total das dormidas, seguido por Lisboa e Vale do Tejo, com 21,5% e a Região Autónoma da Madeira, com 15,8%.

No que diz respeito ao tipo de estabelecimentos, os apartamentos turísticos “foram os únicos a registar uma variação homóloga positiva”, com 0,4%, ao contrário das pensões, dos hotéis-apartamentos e hotéis que sofreram diminuições de 3,9%, 2,6% e 0,5%, respectivamente.

Relativamente à residência dos hóspedes, verificou-se que 69% do total das dormidas corresponderam a residentes do estrangeiro e os restantes 30,1% foram de residentes portugueses.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias