Política Duas semanas depois das eleições, o Brasil sabe que tem mais défice e talvez mais miséria
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Duas semanas depois das eleições, o Brasil sabe que tem mais défice e talvez mais miséria

Dois indicadores que deveriam ter saído antes das eleições revelam que a miséria cresceu pela primeira vez em dez anos, e que, em vez de excedente, o Brasil acumula o maior défice orçamental primário desde 1997. No rescaldo, o Banco Central subiu os juros e Dilma pediu ao Congresso um novo tecto de endividamento. Se não houver acordo, país corre o risco de um "shut down" à americana.
Duas semanas depois das eleições, o Brasil sabe que tem mais défice e talvez mais miséria
Bloomberg
Eva Gaspar 09 de novembro de 2014 às 10:00

Dois relatórios – execução orçamental de Setembro e as conclusões do Instituto de Pesquisa Económica Aplicada (Ipea) sobre a evolução da miséria – eram esperados antes das eleiç

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI