Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Durão Barroso: Nobel da Paz é um "estímulo" mas também um "aviso"

O presidente da Comissão Europeia disse hoje que vê a atribuição do Nobel da Paz à União Europeia como um "estímulo", mas também como "um aviso", e adiantou que vai fazer uma referência a Portugal quando receber o prémio.

A carregar o vídeo ...
Lusa 10 de Dezembro de 2012 às 11:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

José Manuel Durão Barroso, que falava à imprensa portuguesa em Oslo, poucas horas antes de receber o Nobel da Paz em nome da UE, disse que o prémio é "um estímulo, um encorajamento e, com certeza, um aviso".

"Aceitamos este prémio com muita honra, com um reconhecimento daquilo que foi feito ao longo destes 60 anos, mas também como um encorajamento para o futuro", acrescentou o presidente da Comissão Europeia, adiantando que no seu discurso na cerimónia de entrega do Nobel da Paz vai fazer uma referência a Portugal.

Durão Barroso disse que, na sua intervenção, vai sublinhar que "a paz não é apenas a ausência da guerra", estando também relacionada com "um sentimento de justiça e com a democracia".

"Vou aliás, falar de Portugal, da nossa experiência da transição democrática da revolução do 25 de Abril, vou fazer uma rápida referência a isso", disse.

A cerimónia de entrega do Nobel da Paz à UE terá início às 13:00 locais (12:00 em Lisboa).

O prémio será entregue ao presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, em conjunto com os presidentes da Comissão Europeia, Durão Barroso, e do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

A cerimónia de entrega do Nobel da Paz contará com a presença de alguns líderes europeus, entre os quais o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho.

O Comité Nobel norueguês atribuiu o Nobel da Paz à UE pelo seu contributo para a paz e a reconciliação, a democracia e os direitos humanos.

A escolha suscitou polémica, numa altura em que a UE enfrenta uma crise financeira que tem vindo a testar o espírito de solidariedade entre os países ricos do norte da Europa e os estados do sul endividados, submetidos a programas de austeridade.

O Prémio Nobel da Paz é constituído por um diploma, uma medalha de ouro e um cheque de 930.000 euros, verba que a UE já anunciou que vai doar a projectos de apoio a crianças vítimas da guerra e de conflitos armados.

A UE é a vigésima primeira organização internacional a receber o prémio desde 1901.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais Durão Barroso Nobel da Paz aviso estímulo
Mais lidas
Outras Notícias