Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ecofin diz que economia europeia pode acomodar arrefecimento dos EUA

A economia europeia está suficientemente robusta para poder acomodar-se e resistir a uma desaceleração dos Estados Unidos. Essa convicção foi hoje expressa por diversos ministros das Finanças em declarações feitas à margem do encontro mensal que decorre e

Negócios 27 de Março de 2007 às 10:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A economia europeia está suficientemente robusta para poder acomodar-se e resistir a uma desaceleração dos Estados Unidos. Essa convicção foi hoje expressa por diversos ministros das Finanças em declarações feitas à margem do encontro mensal que decorre em Bruxelas.

"O crescimento económico na Zona Euro permanece forte", afirmou Jean-Claude Juncker, primeiro-ministro e ministro das Finanças do Luxemburgo, e presidente do Eurogrupo.

"As perspectivas são relativamente optimistas e achamos que continuarão a sê-lo, não obstante os desenvolvimentos nos Estados Unidos", concordou Pedro Solbes, ministro espanhol das Finanças e antigo comissário do euro.

Idêntica opinião foi expressa pelo titular alemão da pasta das Finanças, Peer Steinbrueck, segundo o qual os riscos de um possível contágio à Europa da crise norte-americana no imobiliário estão a ser "sobrestimados".

Ao contrário do que tem sucedido na Europa, as previsões de crescimento dos Estados Unidos, a maior economia do mundo, têm sido revistas em baixa situando-se agora na casa dos 3%, em larga medida devido à crise instalada no sector imobiliário que poderá estar a agravar-se.

Em Fevereiro, de acordo com dados ontem divulgados pelo departamento norte-americano do Comércio, a venda de novas casas resvalou inesperadamente para o valor mais baixo dos últimos sete anos.

Ver comentários
Outras Notícias