Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Economia portuguesa sofreu a sexta maior quebra da UE no primeiro trimestre

França, Itália e Espanha foram os países da União Europeia com o pior desempenho no primeiro trimestre.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 09 de Junho de 2020 às 10:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O PIB da Zona Euro recuou 3,6% no primeiro trimestre deste ano, face aos três meses anteriores, o que representa a quebra em cadeia mais acentuada desde 1995, quando estes dados começaram a ser recolhidos.

 

Ainda assim, o valor revelado hoje pelo Eurostat representa uma revisão em alta, já que a primeira estimativa do gabinete de estatística da Comissão Europeia apontava para uma contração de 3,8%.

  

França, Itália e Espanha registam o pior desempenho, com o PIB destes países, que foram também dos mais afetados pela pandemia da covid-19, a sofrerem uma contração acima de 5%. Segue-se a Eslovénia e Eslováquia e depois Portugal (-3,8%), que sofreu assim a sexta quebra de PIB mais acentuada entre os países da União Europeia que já revelaram dados para o primeiro trimestre.

 

Pela positiva destacou-se a Irlanda, que conseguiu um crescimento de 1,2% nos primeiros três meses do ano face ao último trimestre de 2019.

 

Na comparação homóloga o PIB da Zona Euro recuou 3,1%, o que representa a descida mais forte desde o terceiro trimestre de 2009, altura da crise financeira em que o PIB da Zona Euro encolheu 4,5%.

 

Nesta ótica Portugal conseguiu um desempenho menos negativo do que na Zona Euro, já que o PIB recuou 2,3%.

 

No quarto trimestre de 2019, o PIB da zona euro tinha crescido 1,0% em termos homólogos e 0,1% na variação em cadeia. Assim sendo, só no segundo trimestre a economia europeia entrará em recessão.

 

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias