Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Economia continua em desaceleração

Os indicadores de actividade Banco de Portugal continuam a dar sinais de arrefecimento da actividade económica. Quer o indicador coincidente quer o do consumo privado mantiveram em Fevereiro a trajectória descendente.

Bloomberg
Negócios 18 de Março de 2016 às 12:28
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
Os indicadores coincidentes do Banco de Portugal continuam a dar sinais de arrefecimento da economica portuguesa. 

Segundo os números divulgados esta sexta-feira de manhã, o indicador para a actividade económica mantém a trajectória descendente, quer em termos homólogos mensais, quer em termos médios trimestrais. Em Fevereiro, este indicador fixou-se em 0,9, depois de em Janeiro ter sido de 1,1 em termos médios trimestrais. Quando comparado com o mesmo mês de 2014, o indicor baixou para 0,7 (de 1 em Janeiro). 

A tendência para o consumo privado é análoga. O indicador registou um recuo de 2,2 para 2 em termos médios trimestrais, entre Janeiro e Fevereiro e de 2,1 para 1,9 em termos homólogos mensais. 

O Banco de Portugal nota que o indicador do consumo privado está a acentuar "o perfil ligeiramente descendente registado ao longo do último trimestre de 2015". 

Os indicadores coincidentes do Banco de Portugal apontam para aquilo que alguns indicadores de actividade do Instituto Nacional de Estatística (INE) já mostravam: uma economia a perder gás nos últimos meses

Ver comentários
Saber mais Conjuntura crescimento Banco de Portugal
Outras Notícias