Economia Edifícios concluídos sobem quase 20% no segundo trimestre mas licenciamento abranda

Edifícios concluídos sobem quase 20% no segundo trimestre mas licenciamento abranda

O número de edifícios concluídos subiu quase 20% entre abril e junho, à boleia do motor da reabilitação. Já os licenciamentos abrandaram significativamente.
Edifícios concluídos sobem quase 20% no segundo trimestre mas licenciamento abranda
Miguel Baltazar
Ana Batalha Oliveira 13 de setembro de 2019 às 11:42

O número de edifícios concluídos em território nacional cresceu 19,4% nos três meses que terminaram em junho, em comparação com o mesmo período do ano passado, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Este avanço é sustentado sobretudo pela construção nova, que ascende aos 2.787 edifícios, mas o número de estruturas reabilitadas é o que mais cresce – 25,6%.

Olhando para o mapa, o maior salto nos edifícios concluídos deu-se em Lisboa, onde houve um aumento de 47,3%, mais uma vez, sobretudo com o contributo da reabilitação. Contudo, o maior número de edifícios concluídos no trimestre concentra-se no Norte, que conta 1.537, o que marca um crescimento de 16,4% face ao período homólogo.

O Algarve destaca-se pela negativa, ao ser a única região onde o número de edifícios caiu no trimestre, na ordem dos 13%. Apesar de a reabilitação continuar ativa, as construções novas caíram 22,1%.

Licenciamentos abrandam

Já no que toca aos edifícios licenciados no segundo trimestre, o crescimento homólogo foi de apenas 0,5% - um aumento que contrasta com os 13,3% verificados no primeiro trimestre.

O maior contraste vê-se na reabilitação, cujos licenciamentos decresceram 12,5%, quando tinham aumentado 9% entre janeiro e março. Os edifícios licenciados para construções novas cresceram 1,5%, também abaixo dos 13,5% do trimestre anterior.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI