Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Editora de Berlusconi veta livro de Saramago em Itália

A editora Einaud, detida pelo primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi vetou o último livro de Saramago, "O Caderno" que compila uma série de crónicas que o prémio Nobel publicou no seu blog.

Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 29 de Maio de 2009 às 13:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A editora Einaud, detida pelo primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi vetou o último livro de Saramago, “O Caderno” que compila uma série de crónicas que o prémio Nobel publicou no seu blog.

A editora, que publicou todos os livros do autor português em Itália, decidiu vetar esta última obra, onde Saramago chama “delinquente” a Berlusconi num dos seus textos.

Segundo o El País, o escritor fala várias vezes de Berlusconi nos seus textos, acusando-o de aprovar leis à medida dos seus próprios interesses. Saramago, que foi entrevistado pelo diário italiano Corriere della Sera disse que o primeiro-ministro italiano tinha “uma mentalidade mafiosa”.

Em outro texto do blog, o autor português disse: “abusaste demasiado de nós, Berlusc, a porta está ali, desaparece. E se essa porta é a da prisão, então poderemos dizer que foi feita justiça. Finalmente.” cita o El País.

Ver comentários
Outras Notícias