Economia Eleitores do PS preferem acordo com o Bloco de Esquerda

Eleitores do PS preferem acordo com o Bloco de Esquerda

De acordo com uma sondagem divulgada pelo Jornal de Notícias e TSF, os portugueses esperam que António Costa ganhe as eleições legislativas, mas sem maioria absoluta.
Eleitores do PS preferem acordo com o Bloco de Esquerda
Manuel de Almeida/Lusa
Negócios 24 de julho de 2019 às 09:00
Os portugueses estão à espera que António Costa vença as eleições legislativas, mas sem maioria absoluta. A ser o caso, a melhor solução é avançar para uma coligação de Governo e não para um acordo parlamentar, de acordo com uma sondagem da Pitagórica para o JN e TSF sobre cenários pós-eleitorais. O Bloco de Esquerda é considerado o parceiro preferido. 

De acordo com a sondagem, 75% dos portugueses dizem que Costa vai ganhar sem maioria absoluta, sendo que 46% apoiam uma coligação (52% no caso dos eleitores socialistas) e apenas 17% um acordo parlamentar. Quanto ao Bloco de Esquerda, 62% consideram que este é o melhor parceiro para uma coligação.

Os mais entusiastas de uma coligação de Governo são os eleitores bloquistas (76%). Mas essa solução também é maioritária entre os eleitores da CDU (53%) e do PS (52%). Mesmo entre os que votam no PSD e CDS, esta é a solução escolhida por 37% dos inquiridos. 

O PS está agora no limiar de uma maioria absoluta (43,2%), conforme revelou a primeira parte da sondagem, publicada pelo Jornal de Notícias na passada segunda-feira. É o dobro dos votos do PSD, com 21,6%. 

Já o Bloco de Esquerda alcançaria 9,2% dos votos, seguido pela CDU com 6,8%, CDS-PP com 6%, PAN com 3,6% e a Aliança com 1,2%, segundo a sondagem. Este estudo aponta para 23,5% de indecisos e para 7,6% de brancos, nulos e outros.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI